sábado, 31 de maio de 2014

segunda-feira, 26 de maio de 2014

E se o homem tivesse asas???

Aventura radical nos alpes...


segunda-feira, 19 de maio de 2014

A Copa dos DEZESSEIS anos...

A primeira grande frustração do Brasil em Copas do Mundo ocorreu em 1950, quando perdemos em casa para o Uruguai.

DEZESSEIS anos depois, a segunda. Em 1966, como bicampeões mundiais, caímos na primeira fase, perdendo para Hungria e Portugal.

DEZESSEIS anos depois, a terceira. Em 1982, como tricampeões e com um time de fazer inveja a qualquer argentino, fomos bisonhamente eliminados pela Itália, embora jogássemos pelo empate.

DEZESSEIS anos depois, a quarta grande decepção. Em 1998, já tetracampeões, perdemos a final para a França, de goleada. Até hoje não se sabe direito o que aconteceu com o nosso centroavante. Dançamos no Moulin Rouge do futebol!

E agora, DEZESSEIS anos depois, retorna a Copa ao Brasil. E mais uma vez perdemos... sim, perdemos para a mobilidade urbana, perdemos para a violência nos estádios, perdemos para os acidentes fatais nas obras, perdemos prazos, perdemos para a corrupção e para o superfaturamento, perdemos a chance de melhorar a saúde, a educação e a segurança. Derrota de goleada contra a corrupção e a desorganização!

Pode parecer impatriótico torcer contra o escrete canarinho, mas se quebrarmos esse tabu e nos sagrarmos hexacampeões mundiais de futebol teremos, certamente, outra maldição muito mais calamitosa a se concretizar - o PT na Presidência da República por DEZESSEIS anos! Que drible levamos dessa cambada de perna de pau...

Infelizmente terá de ser uma declaração única de amor: amar o Brasil ou então amar a seleção". Qual será nosso dilema???

By Newton Breide

sábado, 17 de maio de 2014

Barman do futuro...

Um sujeito entra num boteco novinho, todo hi-tech, e pede uma bebidinha. O barman é um robô, que pergunta:
- Qual é o seu QI ?

- Uns 150.

Então o robô inicia uma conversa sobre aquecimento global, espiritualidade universal, física quântica, interdependência ambiental, teoria das cordas, nanotecnologia, e por aí afora...

O cara ficou impressionado, e resolveu testar o robô. Saiu, deu uma volta e retornou ao balcão. Novamente o robô pergunta:
- Qual é o seu QI ?

- Deve ser uns 100.

Imediatamente o robô lhe serve um uisquinho e começa a falar, agora sobre futebol, fórmula 1, super-modelos, comidas favoritas, armas, corpo de mulher e outros assuntos semelhantes...

O sujeito ficou abismado. Sai do bar para pensar e resolve voltar e fazer mais um teste. Novamente o robô lhe faz a pergunta:
- Qual é o seu QI ?

- Uns 20, eu acho !!!

Então o robô lhe serve uma cachaça, se inclina no balcão e diz pausadamente:
- E aí cumpanheiro, ... vamu votá no PT de novo !??